Secretaria da Pós: +55(31)3409 4881

Defesa de Tese de TIAGO ALVES SCHIEBER DE JESUS

Ligado . Publicado em Defesas

Quantification of graph dissimilarities

 

Identificar e quantificar diferenças entre os grafos representam um dos problemas fundamentais e difíceis de importância prática em vários campos da ciência. Eles têm muitas aplicações práticas devido à utilização generalizada de redes em ciências sociais, medicina, biologia, física, etc. Os métodos atuais de comparação de rede são limitados em extrair apenas informações parciais ou são computacionalmente muito exigentes. Esta tese de doutorado objetiva propor medidas de dissimilaridade computacionalmente eficientes baseados em extração de características capazes de distinguir e quantificar diferenças entre grafos pelo uso de quantificadores da teoria da informação.

Com o objectivo de dinamicamente capturar mudanças topológicas na evolução de uma rede, propomos um modelo capaz de quantificar e reproduzir várias características de uma determinada estrutura, utilizando a raiz quadrada da divergência Jensen-Shannon, em combinação com o grau médio e do coeficiente de agrupamento. Propomos também uma definição dinâmica da robustez de uma rede, que considera medidas sobre mudanças estruturais causadas por falhas em seus componentes. A robustez é então avaliada medindo diferenças entre topologias depois de cada passo de tempo, fornecendo uma informação dinâmica sobre os danos topológicos. Além disso, propomos e testamos uma medida exata para a comparação de rede, que é baseada na quantificação de diferenças entre as distribuições de probabilidade associada à distância de cada vértice da rede. Esta medida pode identificar e quantificar diferenças topológicos estruturais, tais como a presença ou ausência de links críticos que desligam componentes do grafo. Finalmente, apresentamos uma medida de dissimilaridade em redes multiplex. A medida pode ser representada numa configuração espacial, que mostra os padrões de vértices e outras características das camadas. Redes multivariadas, tais como redes climáticas, podem se beneficiar dessa informação espacial. Em redes temporais, características dinâmicas do sistema podem surgir à partir dos variações nos padrões presentes em variáveis dinâmicas.

 

04/11/2016

14:00

Defesa de dissertação de FELIPE FONSECA WEKED

Ligado . Publicado em Defesas

INFLUÊNCIA DAS VARIÁVEIS DE PROCESSO NA VALIDAÇÃO DA GUARNIÇÃO DE PORTA DE UM VEÍCULO AUTOMOTIVO

 

O presente trabalho visa estudar o comportamento de uma guarnição vão de porta de um veículo automotivo considerando as variações de seu processo produtivo. Um dos pontos que promovem a satisfação do cliente em relação ao produto é que este não apresente falhas ou baixo desempenho. Neste âmbito, os testes sobre o produto, ainda em fase de desenvolvimento, devem antecipar todas as possibilidades de falha. Cada componente apresenta variações devido ao seu processo de fabricação que tornam a validação um grande desafio.  Amostras de um mesmo componente podem apresentar comportamentos distintos em função das variações dos processos produtivos que lhes são inerentes. A característica que mais influencia o comportamento de uma guarnição vão de porta é a força de compressão. Quanto menor é a força, mais fácil e confortável é o fechamento da porta. Entretanto, pior é a retenção da porta o que pode causar infiltrações ou ruídos indesejáveis. O estudo desta variação de comportamento e o desenvolvimento de uma metodologia robusta de validação são os focos deste estudo. Foram realizados testes de compressão e de fadiga, bem como avaliações subjetivas da qualidade de fechamento de portas. Além destes testes, foram realizados controles das variações dos processos de fabricação da guarnição. Os resultados mostraram que a força de compressão pode variar até 71% levando-se em conta apenas os limites estabelecidos no projeto da guarnição. Em avaliação subjetiva, a qualidade de fechamento da porta foi identificada como no limite do aceitável quando o veículo estava montado com guarnições em seu limite superior de força de compressão. Já quando o veículo estava montado com guarnições em seu limite inferior de força de compressão a sensação de qualidade aumentou significativamente. Por outro lado, as guarnições em seu limite inferior de força compressão obtiveram pior nota em avaliação de ruído. Em medições de ruído e vibração, a avaliação subjetiva foi de maneira geral confirmada. Em relação ao comportamento da guarnição em fadiga, verificou-se que há uma diminuição da força de compressão comparando o comportamento a novo e após teste que simula a abertura e fechamento da porta por 70.000 ciclos. Na condição de limite superior houve uma diminuição máxima de força de compressão de 16,9%. Já na condição de limite inferior houve uma diminuição máxima de força de compressão de 21,6%. Em testes de rodagem e de fechamento de porta, além da maior diminuição da força de compressão verificou-se maior desgaste da guarnição no limite inferior.

 

26/09/2016

13:30

Laboratório de Usinagem e Automação

Qualificação de GUILHERME RODRIGUES BATISTA

Ligado . Publicado em Qualificações

Heurísticas para o dimensionamento e sequenciamento de lotes com setup dependente da sequência em máquinas paralelas não relacionadas

 

Uma difícil e importante tarefa das indústrias de fabricação é, durante o processo de programação da produção, estabelecer os tamanhos e sequências dos lotes a serem produzidos. Esta dificul- dade se verifica por vários fatores influêntes como: capacidade limitada de produção, demandas dinâmicas, quantidade e variedades de produtos. A tomada de boas decisões no sequenciamento e dimensionamento de lotes proporciona economia nas mais diversas áreas. O problema de dimensionamento de lotes e sequenciamento de máquinas considerado é de um único nível, com máquinas paralelas não idênticas e tempos de setup dependentes da sequência. São propostas estratégias heurísticas baseadas em módulos que integram o sequenciamento de máquinas e o dimensionamento de lotes.

 

23/09/2016

11:00

sala 3202

Aviso sobre a Seleção 2017

Ligado . Publicado em Avisos

Informamos que a seleção para 2017, tanto para Mestrado quanto para Doutorado, deverá ter início na segunda quinzena de novembro de 2016. A liberação dos respectivos editais de seleção será realizada em fins de outubro de 2016. Esclarecemos também que, por enquanto, não há planos para a realização de um processo seletivo com entrada para o segundo semestre de 2017.