Secretaria da Pós: +55(31)3409 4881

Resultado de Disciplinas Isoladas 2017/1

Ligado . Publicado em Avisos

Em anexo o resultado.

 

CADASTRO E MATRÍCULA

 

Sendo aprovado comparecer na secretaria do PPGEP para cadastro e matrícula nas seguintes datas e horários:

  • 20/03/2017: 14:00 às 17:00
  • 21/03/2017: 14:00 às 16:00

trazendo o comprovante de recolhimento da taxa de matrícula no valor de R$ 194,57:

    • Não pagar antes da divulgação dos resultados;
    • Não são aceitos comprovantes de agendamento de pagamento;
    • Não são aceitas entregas por e-mail.

Caso venha um terceiro fazer o cadastro e matrícula, esse deve poder confirmar os dados do candidato.

Anexos:
Fazer download deste arquivo (resultado isoladas 2017-1.pdf)resultado isoladas 2017-1.pdf[ ]194 Kb

Defesa de dissertação de BÁRBARA CRISTINA MENDANHA REIS

Ligado . Publicado em Defesas

Influência do Material da Ferramenta de Corte sobre a Usinabilidade do Aço ABNT 4340 no Torneamento

 

A usinagem convencional baseia-se na remoção de material por meio de uma ferramenta de corte, a qual necessariamente deve apresentar maior dureza e resistência mecânica em relação ao material da peça. Entretanto, devido ao constante surgimento de novas ligas, com dureza e propriedades mecânicas mais altas, existe uma necessidade contínua por novos materiais para ferramentas de corte, com propriedades que possam superar as exigências dessas ligas. Procurando compreender os fenômenos intrínsecos que a variação dos parâmetros de entrada (velocidade de corte, avanço, material da ferramenta de corte e geometria do quebra-cavaco) causa nos parâmetros de saída (força de corte, rugosidade, forma do cavaco, temperatura de corte e desgaste da ferramenta) durante a operação de torneamento do aço ABNT 4340, material utilizado neste trabalho, inicialmente um planejamento fatorial completo 2³ foi empregado para análise estatística, além de outras configurações para as demais análises, totalizando 40 testes. Em relação à análise da força de corte, o material da ferramenta de corte e o avanço afetaram significativamente a força de corte, sendo os menores valores alcançados com a ferramenta de corte de cermet e o menor nível de avanço. Em relação à rugosidade, o avanço mostrou-se como o único parâmetro influente, e o material da ferramenta de corte, independentemente da geometria do quebra-cavaco, não trouxe alterações significativas. No que se refere à forma dos cavacos, as análises mostraram que o nível mais elevado de avanço gerou cavacos mais curtos e que o material da ferramenta se mostrou influente sobre a forma do cavaco. Em relação à temperatura de corte, os resultados indicaram que metal duro, quebra-cavaco LP e o menor nível de velocidade de corte asseguraram os menores valores de temperatura de corte. Como última análise, para os parâmetros de corte estabelecidos e percurso de corte não foi possível identificar desgaste nas ferramentas de corte.
Palavras-chave: aço ABNT 4340; torneamento; temperatura; rugosidade; desgaste da ferramenta; material da ferramenta de corte.

 

17/03/2017

14:00

Auditorio DEMEC

Inscrição para Disciplina Isolada 2017/1

Ligado . Publicado em Avisos

INFORMAÇÕES SOBRE DISCIPLINAS ISOLADAS 2017/1 PARA O PROGRAMA DE

PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

 1.      SOLICITAÇÕES

1.1.   Período das solicitações: das 16:00 do dia 14/03/2017 às 19:00 do dia 15/03/2017;

1.2.   Endereço para cadastro: https://goo.gl/forms/PgXCoYNBdiIP4d4V2

1.3.   ATENÇÃO: no ato da inscrição:

1.3.1.     o candidato deverá fornecer a seguinte documentação legível:

1.3.1.1.           CPF;

1.3.1.2.           Identidade;

1.3.1.3.           Diploma de curso superior com verso;

1.3.1.4.           Histórico escolar da graduação;

1.3.1.5.           Curriculum vitae, acompanhado de cópia de títulos e diplomas que tiver;

1.3.1.6.           Estrangeiros: passaporte com visto temporário de estudante ou permanente válidos;

1.3.1.7.           Servidor da UFMG: cópia do último contracheque;

1.3.1.8.           Servidor da UFMG: autorização da chefia;

1.3.1.9.           Candidatos à disciplina EPD 894 (Modelos de Regressão Paramétricos e Não-Paramétricos: Teoria e Aplicações): comprovação de ter sido aprovado em Probabilidade (nível graduação);

1.3.1.10.       Candidatos à disciplina EPD 896 (Otimização de Grande Porte): comprovação de ter sido aprovado em Otimização Linear e Convexa ou equivalente;

1.3.1.11.       O candidato poderá também fornecer documentação adicional que julgar pertinente para a sua avaliação.

1.3.2.     Toda a documentação exigida em 1.3.1 deverá estar compactada em um único arquivo (formato zip ou rar);

1.3.2.1.           O candidato deverá armazenar esse arquivo compactado em algum serviço de armazenamento em nuvem (por exemplo: Google Drive, Dropbox, etc) que forneça download direto através de um link direto compartilhado;

1.4.   O fornecimento da documentação exigido em 1.3.1 se dará no ato da inscrição;

1.4.1.     Haverá, na inscrição, um campo para o candidato fornecer o link direto compartilhado para que o PPGEP possa fazer o download do arquivo compactado;

1.4.1.1.           É de responsabilidade do candidato o correto fornecimento da documentação, devendo evitar arquivos corrompidos, links errados, links genéricos, documentação faltante, documentação incorreta, etc. A não observância deste item pode gerar o indeferimento da inscrição.

1.5.   O resultado das solicitações será publicado no site do PPGEP até às 23:59 da data provável de 17 de março de 2017. Eventualidades e orientações serão postadas em nosso site;

1.6.   O preenchimento incorreto do cadastro ou a não observância da documentação exigida (forma, fornecimento, a falta, etc.) pode gerar o indeferimento da inscrição.

2.      CADASTRO E MATRÍCULA

2.1.   Sendo aprovado, comparecer na secretaria do PPGEP, em data e horário a ser divulgado junto do resultado, trazendo:

2.1.1.     Comprovante de recolhimento da taxa única de matrícula no valor de R$ 194,57:

2.1.1.1.           Não pagar antes da divulgação dos resultados;

2.1.1.2.           Não são aceitos comprovantes de agendamento de pagamento;

2.1.1.3.           Servidores da UFMG estão isentos do pagamento da taxa única de matrícula no valor de R$ 194,57.

2.2.   Estrangeiros devem nesta ordem:

2.2.1.     Antes do pagamento da taxa única e depois de ter seu pedido deferido, conforme orientações contidas em https://www2.ufmg.br/drca/drca/Home/Pos-Graduacao/Disciplina-Isolada/Instrucoes-para-Matricula-em-Disciplina-Isolada:

2.2.1.1.           Comparecer na Secretaria do PPGEP com o formulário disponível em https://www2.ufmg.br/drca/content/download/22447/153814/file/form-14_ISOLADA.pdf preenchido para pegar o deferimento;

2.2.1.2.           Dirigir-se ao DRCA (Unidade Administrativa III) portando:

2.2.1.2.1.                Autorização de registro (parecer de deferimento dado no formulário de requerimento de matrícula em disciplina isolada);

2.2.1.2.2.                Cópia e original do passaporte (página de identificação);

2.2.1.2.3.                Cópia do Visto (se vencido, apresentar o protocolo de prorrogação);

2.2.1.2.4.                Documento que comprove a filiação;

2.2.1.2.5.                RNE (na falta de passaporte e visto);

2.2.1.2.6.                CPF;

2.2.1.2.7.                Comprovante de endereço no Brasil.

2.2.2.     Fazer o pagamento da taxa única de matrícula no valor de R$ 194,57;

2.2.3.     Retornar à Secretaria do PPGEP com o comprovante do pagamento da taxa única de matrícula no valor de R$ 194,57 para realizar a sua matrícula.

3.      OUTRAS ORIENTAÇÕES

3.1.   No PPGEP somente poderá ser feita solicitação em 01 (uma) disciplina a cada semestre;

3.1.1.     Caso o candidato faça mais de uma solicitação, será considerada apenas a mais recente.

3.2.   Não serão aceitas solicitações ou cadastros e matrículas fora dos prazos estabelecidos;

3.3.   A seleção de disciplina isolada é independente das seleções de Mestrado e de Doutorado;

3.4.   As salas serão informadas no quadro de avisos da secretaria;

3.5.   Eventualidades e orientações serão postadas em nosso site;

3.6.   Para acesso ao sistema minhaUFMG é necessário procurar o Laboratório de Computação Científica (LCC) que fica no prédio do Instituto de Ciências Exatas (ICEx). Telefone 3409-4916, e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

3.7.   A não observância de qualquer item presente nessas Instruções para Disciplina Isolada pode gerar o indeferimento da inscrição.

Defesa de Dissertação de LUCAS DIETRICH SILVA BARBOSA

Ligado . Publicado em Defesas

Heurísticas para o Roteamento de Fluxos na Coleta e Entrega de Recursos entre Canteiros de Obras

 

Este trabalho lida com o problema MRCO (Movimentação de Recursos entre Canteiros de Obras) que é uma generalização do Problema de Roteamento de Veículos, cujo a motivação é tratar o fluxo de transporte em uma empresa do ramo da construção civil de Belo Horizonte. Este problema considera a existência de um conjunto de recursos que serão compartilhados por um conjunto de clientes (canteiros de obras) e que pertencem a um agrupamento em comum. A distribuição destes recursos é feita através de um conjunto de veículos com restrições de capacidade. Existe um conjunto de depósitos (residência dos motoristas) e que abrigam exatamente um único veículo. O veiculo deverá sair e retornar ao final de uma rota necessariamente ao seu respectivo depósito. Um recurso coletado em um canteiro de um agrupamento pode ser usado para atender qualquer outro canteiro no mesmo agrupamento. Cada canteiro pode ser visitado mais de uma vez. Os recursos podem ser discretizados em itens e assim tanto coleta e entrega podem ser divisíveis. O objetivo deste problema consiste em construir k rotas de veículos que atendam às requisições de alocação de recursos entre os canteiros de obras e que minimizem o somatório dos custos relativos ao transporte e tempo do veículo em rota. Nós propomos com o objetivo de tratar o problema em estudo duas heurísticas construtivas que atenderam a todas restrições presentes no problema. Tais heurísticas desenvolvidas são testados em instâncias próximas das reais e em instâncias de testes. Os resultados são comparados com a prática da empresa e com um método de Duas Fases. Os resultados encontrados são superiores aos da empresa e são melhores, principalmente relativo ao tempo de execução computacional, comparado com o método de Duas Fases.

 

17/02/2017

14:30